quinta-feira, 7 de fevereiro de 2008

COISAS QUE FAZEM BEM PRA ALMA

Oi,
ontem acabou o carnaval!!!!!!!!!!!!!!

O Carnaval é um período de festas regidas pelo ano lunar que tem suas origens na Antiguidade e recuperadas pelo Cristianismo, que começava no dia de Reis (Epifania) e acabava na Quarta-feira de cinzas, às vésperas da Quaresma. O período do Carnaval era marcado pelo "adeus à carne" ou "carne nada vale" dando origem ao termo "Carnaval". Durante o período do Carnaval havia uma grande concentração de festejos populares. Cada cidade brincava a seu modo, de acordo com seus costumes. O Carnaval moderno, feito de desfiles e fantasias, é produto da sociedade vitoriana do século XIX. As cidades de Paris e Veneza foram os grandes modelos exportadores da festa carnavalesca para o mundo. Cidades como Nice, Nova Orleans, Toronto e Rio de Janeiro se inspirariam no Carnaval francês para implantar suas novas festas carnavalescas.

Atualmente o Carnaval do Rio de Janeiro, Brasil é considerado um dos mais importantes desfiles do mundo. Em Portugal, existe uma grande tradição carnavalesca, nomeadamente os Carnavais da Ilha da Madeira cujos imigrantes são os que levaram o Carnaval para o Brasil, Ovar, Podence, Loulé, Sesimbra, Rio Maior, Torres Vedras e Sines, destacando-se o de Torres Vedras, Carnaval de Torres, por possuir o Carnaval mais antigo e dito o mais português de Portugal, que se mantém popular e fiel à tradição rejeitando o samba e outros estrangeirismos... Juntamente com o Carnaval de Canas de Senhorim com perto de 400 anos e tradições únicas como os Pizões, as Paneladas aqui no Brasil.

Para alguns pesquisadores o Carnaval tem raízes históricas que remontam aos bacanais e a festejos similares em Roma; alguns historiadores mais ousados chegam mesmo a relacionar o Carnaval a celebrações em homenagem à deusa Ísis ou ao deus Osíris, no Antigo Egito. Uma outra corrente acredita que a festa iniciou-se com a adoção do calendário cristão.

Desfile das Escolas de Samba durante o Carnaval de São Paulo, no Sambódromo do Anhembi.
Desfile das Escolas de Samba durante o Carnaval de São Paulo, no Sambódromo do Anhembi.

A festa carnaval teve seus primeiros relatos em Roma XI. Em Roma havia uma festa, a Saturnália, em que um carro no formato de navio abria caminho em meio à multidão, que usava máscaras e promovia as mais diversas brincadeiras. Essa festa foi incorporada pela Igreja Católica, e segundo alguns a origem da palavra Carnaval é carrum navalis (carro naval). Essa etimologia, entretanto, já foi contestada. Actualmente a mais aceita é a que liga a palavra "Carnaval" à expressão carne levare, ou seja, afastar a carne, uma espécie de último momento de alegria e festejos profanos antes do período triste da quaresma.

Em 1091 a data da Quaresma foi definitivamente estabelecida pela Igreja Católica; como consequência indireta disso, o período de Carnaval se estabeleceu na sociedade ocidental, sofrendo, entretanto, certa oposição da Igreja, na Europa. Embora alguns papas tenham permitido o festejo, outros o combateram vivamente, como o Papa Inocêncio II.

À seqüência do Renascimento o Carnaval adotou o baile de máscaras, e também as fantasias e carros alegóricos. Ao caráter de festa popular e desorganizada juntaram-se outros tipos de comemoração e progressivamente a festa foi tomando o formato atual, que se preserva especialmente em regiões da França (ver Mardi Gras), Itália e Espanha.

BEM o que desejo falar é qu no carnaval óu no fim dele é uma loucura gente chorando, sorrindo , com saudades, pensando no próximo ano...fiquei pensando pq. toda essa comoção?Não cheguei a conclusão, mas tenho hipóteses.Esse periodo está no inconsciente coletivo como uma época de liberdade, prazer, onde tudo é permitido, assim muitos exageros acontecem, mas tb, muitas pessoas permitem ser elas mesmas, deixam fluir as coisas lá do fudo da alma...Seus sonhos e fantasias e assim sentem-se mais plenas felizes.A artir disso fiquei pensando o que alimenta minha alma?
Ver e ouvir o mar,conversar com amigos e família, ou simplismente estar com eles, olhar uma criança, ficar abraçada com meu marido, dançar, receber e fazer massagens..Tantas coisas e vc. fez algo que alimenta sua alma hoje?bjs. Boa semana.Simone.
MUSICA DE ZELIA DUCAN
NOME:ALMA
Alma, deixa eu ver sua alma
D4 A A4 A A9 A
A epiderme da alma, superfície
D D4 D
Alma, deixa eu tocar sua alma
D4 A A4 A A9 A
Com a superfície da palma da minha mão, superfície

Bm B4/7/9 Bm B4/7/9 A
Easy, fique bem easy, fique sem nem razão

G A Bm
Da superfície livre

B4/7/9 Bm
Fique sim, livre
B4/7/9 A G A
Fique bem com razão ou não, aterrize

Alma, isso do medo se acalma
Isso de sede se aplaca
Todo pesar não existe
Alma, como um reflexo na água
Sobre a última camada
Que fica na superfície, crise
Já acabou, livre
Já passou o meu temor do seu medo
Sem motivo, riso, de manhã, riso de neném
A água já molhou a superfície

Alma, daqui do lado de fora
Nenhuma forma de trauma sobrevive
Abra a sua válvula agora
A sua cápsula alma
Flutua na superfície lisa, que me alisa, seu suor
O sal que sai do sol, da superfície
Simples, devagar, simples, bem de leve
A alma já pousou na superfície

11 comentários:

Georgia disse...

Querida, adorei o post. E tb tantas informacoes contidas nas partes que vc teve o trabalho de pesquisar para dividir aqui conosco.

Grande beijo

*Depois te escrevo com mais calma um email, estou pintando a nossa cozinha,rs.

Meire disse...

Oi Simone,
tudo bom?
Sou amiga da Georgia e vim te dar boas vindas.
Adorei saber mais sobre o carnaval.
Um beijo
Meire

Rosamaria disse...

Simone

Também vim a convite da Georgia e gostei muito do teu post. Não sabia a história do carnaval.

Bjim.

Fernanda disse...

Olá Simone,
Vim a convite da Georgia.
Muito interessante esse texto sobre o carnaval, se bem que eu não goste dele, rssss...
O que me alimenta a alma? Ter os meus filhos perto de mim, vê-los evoluir, crescer, felizes; ter o meu marido como companheiro nesta vida; observar a natureza; o silêncio; a música....e uma lista sem fim de outras pequenas coisas!
Bjs

Sonho Meu disse...

Carnaval...ah como eu amo essa festa.
Comecei a gostar de carnaval quando descobrí o frevo e so parei porque moro atualmente num país onde carnaval inexiste.
bjos,
me

» NaY « disse...

Ahh, eu ADORO o carnaval do Recife! Todas as noites vou pra o Recife Antigo, namorar, assistir bons shows, acompanhar trocinhas def revo, maracatus... É tão bom! Fiquei triste de ter passado rápido esses dias foram as minhas férias! =\

Xerus
=***

Georgia disse...

Si, tá chegando na blogsfera um novo blog e a Nay está indicando. Coloco o link aqui para você visitá-la.
http://diassemfim-nyse.blogspot.com/

Grande beijo

Nyse Brito disse...

Oi...
Cheguei ao seu blog pelo da Georgia! =)

Quanta informação sobre o carnaval! Para mim ele se resume a uns poucos dias para descansar (já que não gosto muito!)e rever amigos!

Essa música da Zélia Ducan é muito linda... eu adoro!

=*

Nana disse...

Legal seu cantinnho...passa no meu qdo puder, ok?! Bjs e fique com Deus. Boa semana.

Celia Rodrigues disse...

Olá Simone! Vim visitar seu blog através da recomendação da Geórgia e confesso que gostei muito. Seja bem-vinda à blogosfera. Ótimo texto, muito informativo. Um abraço!

Georgia disse...

Amiga, tem post na Saia.

Beijao